domingo, 20 de dezembro de 2009

Mensagem de Natal

video

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Voluntários. E se não fossem esses bravos...!!

Em todas as atividades desenvolvidas e eventos promovidos, o Lar dos Idosos conta com a inestimável colaboração dos voluntários. São pessoas que deixam seus afazeres cotidianos e se prestam a trabalhar, sem qualquer remuneração, mas com um alto grau de responsabilidade e profissionalismo, em benefício daquilo em que acreditam. É certo que, se não fossem estas pessoas, muitas das ações seriam simplesmente impossíveis de serem realizadas. É neste contexto que a administração do Lar dos Idosos presta sua homenagem e agradece penhoradamente a cada uma destas pessoas, esperando contar sempre com elas e desejando que Deus, em sua sabedoria, as recompense por todo o bem e que os cubra com a sua graça. A vocês, um Feliz Natal e um Ano Novo de Paz e Prosperidade!!

Bazar da Pechincha (Dezembro 2009)

Foi realizado no dia 13 de dezembro, o Bazar da Pechincha do Lar dos Idosos "Paul P. Harris", cuja renda é totalmente destinada a manutenção da instituição. Foram oferecidos, a preços bastante convidativos, móveis, eletrodomésticos, roupas masculinas, femininas, infantis, calçados, roupas de festa, artigos para o lar, artesanatos, bijuterias e muitos outros artigos.
Como sempre, a participação da comunidade foi bastante considerável e o resultado ficou dentro da expectativa. A administração do Lar dos Idosos, bem como os internos, agradecem de coração a todos que, de uma maneira ou de outra, contribuiram para o sucesso de mais esse evento. Obrigado!!
Aproveitamos a oportunidade para desejar a todos um ótimo Natal e um Ano Novo repleto de felicidade. Boas Festas!!

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

Aniversariantes do mês de Dezembro 2009

Esses são os nossos idosos que fazem aniversário no mês de Dezembro:
Severino Miguel dos Santos – 07/12/1922 - 87 anos
Alcides Claro dos Santos -08/12/1930 – 79 anos
Geraldo Fernandes Pereira -05/12/1936 - 73anos
Nelson de Almeida Lara - 09/12/1945 - 64 anos
Clóvis Bispo dos Santos – 13/12/1946 – 63 anos
Orico Roberto da Silva – 09/12/1938 - 71 anos
A todos os nossos parabéns e votos que Deus os ilumine e os guarde. Felicidades, saúde e paz!!

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Bodas de Prata

O nosso colaborador Bias e sua esposa Iolanda completam hoje, 08 de dezembro, 25 anos de casamento, do qual nasceram esses belos rapazes: Victor (à esquerda, futuro Médico) e Arthur (à direita, futuro Engenheiro Eletricista). Parabéns e que Deus abençoe e ilumine essa bela família e essa feliz união.

quarta-feira, 18 de novembro de 2009

Bazar da Pechincha


O Lar dos Idosos "Paul P. Harris" promoverá, no próximo dia 13 de dezembro de 2009, o Bazar da Pechincha, na Avenida Marechal Dutra, nos fundos da Igreja Bom Pastor, cuja renda é totalmente destinada a manutenção de nossa entidade.

Caso você deseje colaborar com algum objeto ou doação, entre em contato conosco pelo telefone 3422-2652. Nós faremos a coleta de todo o material doado, pelo qual antecipadamente agradecemos.

Que Deus nos abençoe.

sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Você sabia???

1 - Durante a Guerra de Secessão, quando as tropas voltavam para o quartel após uma batalha sem nenhuma baixa, escreviam numa placa imensa: ' O Killed ' ( zero mortos ).. Daí surgiu a expressão ' O.K. '. Para indicar que tudo está bem.

2 - Nos conventos, durante a leitura das Escrituras Sagradas, ao se referir a São José, diziam sempre ' Pater Putativus ', ( ou seja: 'Pai Suposto' ) abreviando em P.P .'. Assim surgiu o hábito, nos países de colonização espanhola, de chamar os 'José' de 'Pepe'.

3 - Cada rei no baralho representa um grande Rei/Imperador da história:
. Espadas: Rei David ( Israel )
. Paus: Alexandre Magno ( Grécia/Macedônia )
. Copas: Carlos Magno ( França )
. Ouros: Júlio César ( Roma )

4 - No Novo Testamento, no livro de São Mateus, está escrito ' é mais fácil um camelo passar pelo buraco de uma agulha que um rico entrar no Reino dos Céus '... O problema é que São Jerônimo, o tradutor do texto, interpretou a palavra ' kamelos ' como camelo, quando na verdade, em grego, 'kamelos' são as cordas grossas com que se amarram os barcos.

5 - Quando os conquistadores ingleses chegaram a Austrália, se assustaram ao ver uns estranhos animais que davam saltos incríveis. Imediatamente chamaram um nativo ( os aborígenes australianos eram extremamente pacíficos ) e perguntaram qual o nome do bicho. O índio sempre repetia ' Kan Ghu Ru ', e portanto o adaptaram ao inglês, ' kangaroo' ( canguru ).
Depois, os lingüistas determinaram o significado, que era muito claro: os indígenas queriam dizer: 'Não te entendo '.

6 - A parte do México conhecida como Yucatán vem da época da conquista, quando um espanhol perguntou a um indígena como eles chamavam esse lugar, e o índio respondeu ' Yucatán '. Mas o espanhol não sabia que ele estava informando ' Não sou daqui '.

7 - Existe uma rua no Rio de Janeiro, no bairro de São Cristóvão, chamada 'PEDRO IVO'. Quando um grupo de estudantes foi tentar descobrir quem foi esse tal de Pedro Ivo, descobriram que na verdade a rua homenageava D.Pedro I, que quando foi rei de Portugal, foi aclamado como 'Pedro IV' (quarto).
Pois bem, algum dos funcionários da Prefeitura, ao pensar que o nome da rua fora grafado errado, colocou um ' O ' no final do nome. O erro permanece até hoje. Acredite se quiser.. .

quarta-feira, 4 de novembro de 2009

Aniversariantes do mês de Novembro

Aguinaldo Gonçalves de Amorim – 12/11/1912 – 97 anos
Rubens de Souza de Aquino – 21/11/1945 – 62 anos
Belmiro Farias Pereira – 25/11/1951 – 58 anos
José Rodrigues de Oliveira -24/11/1947 – 62 anos
Valmor Albertino Rodrigues – 21/11/1921- 88 anos
Clidenor Coelho de Moraes – 16/11/1922 – 87 anos

Cardozina Cardoso Magalhães – 01/11/1932 - 75 anos

A todos, desejamos paz, saúde e felicidades mil!!!!

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Velhas piadas...!!

Um dia é da caça...
Um rapaz de 16 anos chega em casa com um Porsche e os pais gritam:
- Onde conseguiu isto? Ele calmamente responde:
- Acabei de comprar.
- Com que dinheiro? perguntam. Sabemos quanto custa um Porsche!
- Bem, ele disse, este custou 15 dólares. E os pais esbravejaram ainda mais:
- Quem venderia um carro destes por 15 dólares???
- A senhora logo acima na rua. Não sei seu nome, recém mudou-se para cá. Ela me viu passando de bicicleta e perguntou se queria comprar o Porsche por 15 dólares.
- Santo Deus! gemeu a mãe, deve abusar de crianças. Quem sabe o que fará depois? John, vá lá imediatamente, para ver o que está acontecendo. O pai foi até à casa da senhora e ela calmamente planta va petúnias no jardim. Ele se apresentou como pai do rapaz a quem ela vendeu o Porsche e perguntou por que ela havia feito aquilo.
- Bem, disse ela, esta manhã meu marido ligou. Pensei que estivesse viajando a serviço, mas ele fugiu para o Havaí com a secretária e não pretende voltar. Pediu que vendesse o Porsche e lhe enviasse o dinheiro, então eu vendi.

Só o chocolate...
O rapaz vai com um amigo ao estádio assistir um jogo de futebol. Como a casa da avó fica no caminho ele resolve dar uma passadinha para cumprimenta-la. Aproveitando a presenca do neto, a velhinha pede para ele consertar um vazamento na pia da cozinha. Enquanto isso ela leva o amigo do neto para a sala e oferece-lhe uma bebida. Junto com o copo está um pratinho de amendoins que o rapaz come sem parar, um por um. Tarde demais ele percebe que comeu tudo que havia no prato. Na hora de ir embora ele agradece calorosamente a avó do amigo:
- Obrigado pelo amendoim... Espero nao ter abusado, não lhe deixei nenhum, desculpe!
A vovó, amavel, responde:
- Não tem problema, meu filho. De qualquer jeito não posso come-los. Depois que perdi meus dentes eu só lambo o chocolate que vem em volta.

O velho Ignorante!!

Seu Lunga é um velho, do interior de Pernambuco, que não suporta pergunta idiota. Ele tem um comércio na cidade onde vive.
- Seu Lunga, tem meia calça?
- Pra quê? Você tem meia bunda!!!!

- Seu Lunga, por onde tem andado?
- Pelo chão! Eu não sei voar!!
- Seu Lunga,vai beber esse leite?
- Não!! Vou lavar a calçada!!!

- Seu Lunga, ta passeando com o cachorro?
- Não!! Tô passenado com a corrente, mas num consegui soltar o cachorro!
- Seu Lunga, pra onde o senhor vai?
- Para o enterro do Chico.

- E o Chico morreu?!
- Não! A
família dele se reuniu para enterrar ele vivo!!


Ckeck-up

Um velhinho vai ao médico e solicita um check-up:
- Quero ver se está tudo em ordem, porque vou me casar na semana que vem! - diz entusiasmado.
- Casar? Que idade o senhor tem?
- Oitenta e nove.
- E a sua noiva?
- Vinte e quatro!
- Vinte e quatro?! Nesse caso eu aconselho ao senhor tomar muito cuidado, porque essa diferença
de idade pode ser fatal!
E o velhinho:
- Então... paciência! Se ela morrer, morreu...


Lembranças

Um casal de velhinhos está deitado na cama. A esposa não está satisfeita com a distância que há
entre eles. Ela lembra:
- Quando éramos jovens, você costumava segurar a minha mão na cama.
Ele hesita e, depois de um breve momento, estica o braço e segura a mão dela. Ela não se dá por
satisfeita:
- Quando éramos jovens, você costumava ficar bem pertinho de mim.
Uma hesitação mais prolongada agora e, finalmente, resmungando um pouco, ele vira o corpo com
dificuldade e se aconchega perto dela da melhor maneira possível. Ela ainda insatisfeita:
- Quando éramos jovens, você costumava morder minha orelha.
Ele dá um longo suspiro, joga a coberta de lado e sai da cama. Ela se sente ofendida e grita:
- Aonde você vai?
- Buscar a dentadura, saco!

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Quem tem mais de 60 precisa parar de trabalhar?

O Brasil com mais de 60 anos é o grupo da população que mais cresce e que, em uma década, passou a ter importante participação no mercado de trabalho. São homens e mulheres que sustentam famílias e ainda têm muito talento e energia.
Quem foi que disse que a vida fica mais calma na terceira idade? Seu Geraldo segue desafiando o tempo. Aos 73 anos, está firme no batente. Educado, com cara de bom velhinho, ele conquistou a freguesia do supermercado.
“Ele é quem leva as minhas compras em casa. Toma um cafezinho, bate um papo”, conta uma cliente.
“É bom demais”, concorda Geraldo.
A rotina faz bem. Ele acorda todo dia às 5h e trabalha seis horas por dia, de segunda a sábado.
Quem frequenta as lojas da rede de supermercado percebe que entre os funcionários tem um ou outro com uma idade mais avançada. A ideia de contratar idosos surgiu 10 anos atrás, por causa de um cliente idoso que gostava de passear todas as tardes em uma das lojas e ficava ali perguntando: "O senhor foi bem atendido? Faltou alguma coisa?"

O gerente percebeu e resolveu contratar aquele senhor. Depois de 10 anos de trabalho esse cliente que virou funcionário não está mais no supermercado, mas a ideia que ele plantou, vingou.
Quem é calouro, nesta loja, tem que passar por Dona Neuza. Ela ensina aos mais jovens a arte de conquistar o cliente.
“Eu acho maravilhoso. Eu estava falando que ela é assim bonita porque trabalha e é ela que faz a vida dela. Ela não se deixa levar pela vida. Ela que conduz a vida”, elogia a administradora de empresas Silvia Romeiro.
Seu Antônio resolver mudar de rumo, depois de dois anos de chinelo e pijama: “Nesse período, minha cabeça estava horrível, porque a pessoa se sente inútil. Na medida em que você sai para trabalhar, mesmo que você tenha problemas, os problemas você deixa em casa”.
Assim, o aposentado aborrecido virou o melhor empacotador da loja: “Ganho exatamente o mesmo salário que os meninos, nem menos, nem mais. Eu faço o que eles fazem, nada mais justo”.
A multidão de cabelos brancos ganhou muito mais. Ganhou espaço no mercado. É só olhar os números. São mais de três milhões trabalhando.
“Estamos observando isso há uns seis, sete anos. O crescimento da parcela que tem 55, 60, 65 anos e até mais no mercado de trabalho, como empregado e também trabalhando por conta própria, como empreendedor, informal, às vezes trabalhando em atividades muito simples, mas uma atividade econômica efetiva”, informa o especialista em trabalho José Pastore, de 74 anos.
Não é à toa. Dos mais de 26 milhões de brasileiros aposentados, a maioria ganha mais que um salário-mínimo. O benefício médio é de R$ 638, em valores de julho deste ano. Maior até que a média dos salários dos trabalhadores da ativa.
É dos R$ 980 da aposentadoria de Dona Palmira e de Seu Orlando que nove pessoas, entre filhos e netos, vivem em Taboão da Serra, Grande São Paulo.

“A gente estica. Compra de terceira, em vez de comprar de segunda compra de terceira. Arroz de terceira, feijão de terceira, vai comprando mais baratinho para poder comer. E muito ovo”, descreve Palmira.
Só mesmo com bom humor para enfrentar horas na máquina de costura, todos os dias. Ou puxando uma carroça pelas ruas, como Seu Orlando, de 78 anos: “Peço para Deus me ajudar e vou embora. Tem dia que ganho R$ 5, R$ 10”
Os filhos, desempregados, sofrem.
“Você não sabe como a gente fica. Às vezes eu levanto cedo e saio andando, para ver se consigo um bico aqui outro ali”, diz uma filha do casal.
“Era para eles estarem sossegados e eu ali colocando tudo dentro de casa. É o que eu mais quero”, confessa uma filha do casal, aponta Manuel Vagner de Souza Machado.
O engenheiro Luiz Antonio Fadel afirma: estar na ativa aos 63 anos, numa multinacional, é um prêmio: “É muito mais do que eu poderia ter esperado. Em 1969, quando entrei nessa companhia, com certeza”.
Os colegas, de todas as idades, apóiam.
“Eu vejo nos olhos dessa pessoa o entusiasmo, o interesse e também a capacidade de conhecimento que é muito maior que nós”, elogia a secretária Marlene Vidot.
Idoso rouba emprego do jovem?

“Essa controvérsia é superada quando você tem uma taxa de crescimento robusta, o que não tem sido o nosso caso. Nós ficamos décadas com taxas de crescimento muito acanhadas”, comenta José Partore. “Tenho 74 anos, dou palestras nos Estados Unidos, no Brasil, na Europa. Vou até onde Deus me der vontade de fazer as coisas que eu gosto e também a condição de fazer as coisas que eu gosto. Dizem que quando uma pessoa faz o que gosta, não trabalha. É o meu caso. Isso é a minha vida”.
Entre os idosos, há os que voltam ao mercado de trabalho porque querem, para manter a cabeça ocupada e continuar produzindo, e há os que voltam a trabalhar por necessidade. Só que aí eles enfrentam um problema: como tudo evolui com muita rapidez muitas vezes o conhecimento daquela pessoa com mais idade já esta ultrapassado. É necessário fazer um curso, uma atualização,
“É um pessoal que sabe o que quer, que já tem vida construída. Não quer ficar pra trás”, comenta o instrutor Ilari Kozemekinas.
Com o conhecimento, eles esperam superar barreiras e conseguir uma colocação.
“O que pega é principalmente a idade. Quando falo a minha idade, já tem esse problema de imediato”, diz um aluno do curso.
Novo emprego, novo negócio, não importa. Eles já provaram que a tal terceira idade é uma idade ativa.

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Valdoir Coelho Ferreira

Faleceu ontem, dia 30 de setembro, o Sr. Valdoir Coelho Ferreira, nascido na cidade de Cassilândia/MT, em 01 de maio de 1950. Seu Valdoir era filho do Sr. Oscar Dias Coelho e de D. Jerônima Ferreira Coelho. Seu Valdoir era de baixa estatura, alegre e gostava muito de brincar com os colegas internos. Mas não aceitava muito bem as brincadeiras dos outros. Seu Valdoir sofria de Pênfigo foliáceo (Fogo Selvagem) e ultimamente, andava bastante deprimido, não queria se alimentar e seu estado geral foi gradadativamente se agravando até que teve que ser internado. Infelizmente não resistiu. Que Deus o receba na sua paz!

Churrasco no Lar dos Idosos

No dia 27 de setembro, encerrando as comemorações da Semana do Idoso 2009, aconteceu o primeiro grandioso churrasco do Lar dos Idosos. Houve uma grande participação popular, quebrando a rotina dos internos, os quais acharam todo aquele movimento muito bom. Além disso, houve várias apresentações de duplas de viola e cantores locais, o que chamou bastante atenção de todos. Agora estamos ansiosos, aguardando o segundo churrasco do Lar. Vamos em frente!

quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Capela Sagrada Família - Lar dos Idosos Paul Percis Harris

Foi inaugurada no último sábado, dia 26 de setembro de 2009, a Capela Sagrada Família, no Lar dos Idosos Paul Percis Harris, após exatamente um ano de seu início. A capela servirá à comunidade e será, segundo o Bispo da Diocese de Rondonópolis, Dom Juventino, incluída no calendário regular da Paróquia Nossa Senhora Aparecida, para que haja pelo menos uma celebração por mês. Na oportunidade, todas as pessoas que contribuiram para sua conclusão foram homenageadas.

video

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

ASR e Centro de Convivência visitam o Lar - XXIV Semana do Idoso

A animação da Tarde Festiva da XXIV Semana do Idoso, nesta quarta-feira, 23 de setembro, ficou por conta da Associação de Senhoras de Rotarianos - A.S.R. e o Centro de Convivência da Paróquia Snta Cruz. Na ocasião, foram comemorados os aniversários do mês de setembro.
Foram servidos lanches, bolos e refrigerantes e houve a participação de quase todos os internos.
Domingo, Grande Churrasco. Não percam!!!

XXIV Semana do Idoso - Lar dos Idosos

Nesta segunda-feira, dia 21 de setembro, foi aberta oficialmente a "XXIV Semana do Idoso" do Lar dos Idosos "Paul Percis Harris". A ocasião contou com diversas apresentações e convidados, entre os quais, a Primeira Dama do Município, Sra. Neuma Morais, o Deputado Estadual Sebastião Rezende, o Tenente Pezutti do 18º G.A.C., Sra. Marlene, representante da CODER, a Presidente da A.S.R., Sra. Neusa Silveira, a Coordenadora de Eventos do Lar dos Idosos, Sra. Suely Montanher, Sr. José Orsi da ACIR, Sr. Sydnei e D. Maria Gomes, da diretoria da entidade, Pe. Ademilson e o Vereador Olímpio Alvis, responsável pela construção do palco, o qual foi inaugurado na mesma ocasião.
A Semana do Idoso contará com uma extensa programação, já publicada anteriormente, e culminará com um gradioso churrasco que acontecerá no domingo, dia 27 de setembro, nas dependências do Lar.
Convidamos e aguardamos a todos! Participem.

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Orivaldo Pedroso dos Santos

Faleceu ontem, 14 de setembro, Orivaldo Pedroso dos Santos, mais conhecido por "Poxoréu", um dos mais antigos policias de nossa cidade, vítima de parada cardiorespiratória. Poxoréu já estava aposentado há mais de vinte anos e enfrentava diversos problemas de saúde, entre os quais uma dependência química (bebida alcoolica).
Orivaldo era natural de Cuiabá (25/07/1941) e foi sepultado hoje na cidade de Santo Antonio do Leverger/MT.
Descanse em paz!!

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Envelhecimento do ponto de vista biológico

O envelhecimento do organismo como um todo, está relacionado com o fato de as células somáticas do corpo irem morrendo, uma após outra, e não serem substituídas por novas como acontece na juventude. O motivo é que para a substituição poder acontecer, as células somáticas têm de se ir dividindo para criarem cópias, que vão ocupar o lugar deixado vago pelas que morrem.

Em virtude das multiplas divisões celulares que a célula individual regista ao longo do tempo, para esse efeito, o telômero (extensão de DNA que serve para a sua proteção) vai diminuindo até que chega a um limite crítico de comprimento, ponto em que a célula deixa de se poder dividir, envelhece e morre com a conseqüente diminuição do número de células do organismo, das funções dos tecidos, orgãos, do próprio organismo e o aparecimento das chamadas doenças da velhice. E isso não é tudo.

Existe uma enzima natural (telomerase) em todos os organismos vivos que está encarregada de proceder à manutenção dos telômeros. Por cada divisão da célula, acrescenta a parte do telômero que se perde em virtude da mesma, de modo que o telômero não diminui e a célula pode se dividir sempre que precisar. O que acontece é que ela faz essa função unicamente nas células germinativas, fazendo com que estas sejam permanentemente jovens, independentemente do organismo ser já velho. Devia fazer o mesmo nas células somáticas do organismo, mas, isso não acontece.

As células somáticas têm o gene da telomerase, mas não a produzem, pois este não está ativado. Atualmente a ciência já consegue activar a telomerase e criar células saudáveis imortais. Revistas científicas como a Science (1998) já trouxeram artigos sobre este assunto.

Glossário

Células somáticas são quaisquer células dos organismos multicelulares que não estejam diretamente envolvidas na reprodução, tal como as células da pele;

Células germinativas são células que podem dar origem aos gâmetas, no caso dos animais, oespermatozoide e o óvulo;

Telômeros (do grego telos, final, e meros, parte) são estruturas constituídas por fileiras repetitivas de proteínas e DNA não codificante que formam as extremidades dos cromossomas;

Telomerase é uma enzima descoberta por Elizabeth Helen Blackburn e Carol Greider em 1985, que tem como função adicionar sequências específicas e repetitivas de DNA à extremidade dos cromossomos, onde se encontra o telômero.

terça-feira, 8 de setembro de 2009

Como entendemos o "envelhecimento"?

O mapa acima, produzido em 2001, divide geograficamente o mundo em sete faixas etárias e nos permite ter uma idéia da idade média da pessoas que habitam o nosso planeta. O Brasil, por exemplo, é um país relativamente jovem, tendo em vista que nossa média de idade está na faixa entre 25 e 30 anos.
Vemos, entretanto, que dois fenômenos pelo menos, interferem diretamente nessa média, fazendo-a crescer: a quantidade de filhos por casal que sofreu uma drástica redução nos últimos anos e a melhoria na qualidade de vida da população de um modo geral, aumentando a expectativa de vida do brasileiro.
O envelhecimento, enquanto processo biológico natural, é alvo de constantes estudos científicos, no sentido de torná-la mais distante, principalmente para aqueles que podem pagar por isso. No ponto de vista social, aparentemente está ocorrendo bam mais cedo do que devia. Tanto nas etapas iniciais da vida, quanto nas posteriores. Vemos crianças trabalhando, se interessando por sexo, e tomando atitudes cada vez mais cedo, sem a devida formação física ou mesmo intelectual para tal. Por outro lado, pessoas com grande potencial produtivo, as vezes em seu auge, são deixados à margem nas contratações, pelo simples fato de serem "velhas".
O que há com nossa sociedade? Por qual processo tem passado ela, de forma a torná-la tão estúpida nestes pontos? Você sabe exatamente quando estará velho? Vamos discutir em alguns artigos esse assunto e trazer opiniões de especialistas a respeito. Sinta-se a vontade para fazer o seu comentário.

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

XXIV Semana do Idoso

O Lar dos Idosos “Paul Percis Harris” tem a honra de convidar V.Sa. e família para as comemorações da XXIV Semana do Idoso que será realizada no período de 21 a 27 de setembro de 2009.

Programação

Dia 21/09 – Segunda-feira

19:30 – Solenidade de abertura da XXIV Semana do Idoso, na Praça do Lar dos Idosos.

Dia 22/09 – Terça-feira

08:30 – Manhã livre para visitas.

14:00 – Tarde livre para visitas.

Dia 23/09 – Quarta-feira

08:30 – Manhã livre para visitas.

14:00 – Tarde Festiva. Animação: Centro de Convivência da Paróquia Santa Cruz e outros.

Dia 24/09 – Quinta-feira

08:30 – Manhã livre para visitas.

14:00 – Tarde Festiva. Animação: Universidade Aberta à Terceira Idade e Associação de Apoio à Terceira Idade.

Dia 25/09 – Sexta-feira

08:30 – Manhã livre para visitas.

14:00 – Tarde livre para visitas.

Dia 26/09 – Sábado

08:30 – Manhã livre para visitas.

14:00 – Tarde Festiva. Animação: Associação de Senhoras de Rotarianos e Grupo de Apostolado de Oração da Paróquia Nossa Senhora Aparecida.

17:00 – Missa de Inauguração da Capela do Lar dos Idosos e encerramento da Semana do Idoso.

Dia 27/09 – Domingo

11:00 às 13:00 – Almoço Beneficente

Contamos com vossa inestimável presença!



sexta-feira, 28 de agosto de 2009

"Baixo astral" e "Depressão". Qual a diferença??


Depressão é uma palavra freqüentemente usada para descrever nossos sentimentos. Todos se sentem "para baixo" de vez em quando, ou de alto astral às vezes e tais sentimentos são normais. A depressão, enquanto evento psiquiátrico é algo bastante diferente: é uma doença como outra qualquer que exige tratamento. Muitas pessoas pensam estar ajudando um amigo deprimido ao incentivarem ou mesmo cobrarem tentativas de reagir, distrair-se, de se divertir para superar os sentimentos negativos. Os amigos que agem dessa forma fazem mais mal do que bem, são incompreensivos e talvez até egoístas. O amigo que realmente quer ajudar procura ouvir quem se sente deprimido e no máximo aconselhar ou procurar um profissional quando percebe que o amigo deprimido não está só triste.
Uma boa comparação que podemos fazer para esclarecer as diferenças conceituais entre a depressão psiquiátrica e a depressão normal seria comparar com a diferença que há entre clima e tempo. O clima de uma região ordena como ela prossegue ao longo do ano por anos a fio. O tempo é a pequena variação que ocorre para o clima da região em questão. O clima tropical exclui incidência de neve. O clima polar exclui dias propícios a banho de sol. Nos climas tropical e polar haverá dias mais quentes, mais frios, mais calmos ou com tempestades, mas tudo dentro de uma determinada faixa de variação. O clima é o estado de humor e o tempo as variações que existem dentro dessa faixa. O paciente deprimido terá dias melhores ou piores assim como o não deprimido. Ambos terão suas tormentas e dias ensolarados, mas as tormentas de um, não se comparam às tormentas do outro, nem os dias de sol de um, se comparam com os dias de sol do outro. Existem semelhanças, mas a manifestação final é muito diferente. Uma pessoa no clima tropical ao ver uma foto de um dia de sol no pólo sul tem a impressão de que estava quente e que até se poderia tirar a roupa para se bronzear. Este tipo de engano é o mesmo que uma pessoa comete ao comparar as suas fases de baixo astral com a depressão psiquiátrica de um amigo. Ninguém sabe o que um deprimido sente, só ele mesmo e talvez quem tenha passado por isso. Nem o psiquiatra sabe: ele reconhece os sintomas e sabe tratar, mas isso não faz com que ele conheça os sentimentos e o sofrimento do seu paciente.

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Cleuza Garcia Duarte


Dona Cleuza era uma paulista de Assis. Tinha 67 anos e diversos problemas de saúde, apesar de uma boa aparência. Depressão, chagas que se localizou no coração e, em razão do aumento do tamanho deste que força o pulmão, tinha uma respiração ofegante. Ainda assim fumava, embora já tivesse sido proibida pelo médico e pela própria direção do Lar dos Idosos que recomendou que ninguém lhe vendesse cigarros. Mas ela conseguia com os colegas internos. Era divorciada e possuia filhos e netos. Falava com muito carinho dos netos, mas não gostava de lembrar de fatos de sua vida por que lhe entristeciam e faziam chorar. Gostava de falar de lugares. Falava bem dos colegas e dizi que gostava de todos.
Na última quarta-feira, dia 26 de agosto, Dona Cleuza nos deixou. Vitima de uma pneumonia e de suas complicações. É com carinho que nos lembraremos dela. Sempre sorridente e receptiva. Descanse em paz!

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Francisco de Lima Cavalcanti (+15/08/2009)

“Seu Francisco de Lima Cavalcanti é um paraibano de Princesa Izabel. Tem 83 anos, é de estatura mediana, branco, usa um óculos quadrado e está sempre sorrindo enquanto conta suas aventuras. Possui a mão trêmula, denotando um desenvolvimento do Mal de Parkinson. Mas possui um aspecto geral saudável.
Seu Francisco já viajou por quase todo o Brasil. Da Paraíba foi para São Paulo, onde ficou por cinco anos. De São Paulo para Goiânia. Trabalhou na empreita de obras, mas não como pedreiro. Em seguida foi para Gurupi e Palmas no Tocantins e após isso Fortaleza no Ceará. Daí foi para o Piauí e Maranhão. Do Maranhão foi para Belém do Pará, e depois para Manaus, onde ficou apenas cinco dias. Pelo Rio Madeira foi para Rondônia, onde segundo ele, ganhou muito dinheiro. Além das empreitas de obras na cidade, também trabalhou com equipes na construção da rodovia que liga Porto Velho a Rio Branco. Chegou e comandar 303 homens. Ainda nesta atividade, foi par Rio Branco no Acre, pelos Rios Madeira e Abunã. De lá veio para o Mato Grosso. Em Poxoréu chegou a trabalhar com garimpo. Mas não teve muita sorte. Por fim, Rondonópolis.
Conta que em cada um dos lugares onde teve, arranjou duas ou três namoradas. Mas nunca casou. Tem filhos que não o procuram a mais de dez anos. Sua filha mais velha sempre ligava pra ele pedindo dinheiro. Ele sempre mandou muito mais o que ela pedia.
Ficou muito grato pela oportunidade de conversar e de ser ouvido. Em geral, segundo ele, as pessoas não tem paciência, por ele falar baixo e devagar.”
Deus, em sua misericórdia, saberá cuidar desse nosso irmão, que agora descansa em paz.


segunda-feira, 17 de agosto de 2009

O presente - Dinâmica


Como desenvolver a dinâmica: Estabelece-se o número de participantes e seleciona-se o mesmo número de qualidades para serem abordadas durante a dinâmica. Poderão ser introduzidas algumas que achar relevante dentro da situação em que vive. A pretensão é que todos escolham uns aos outros durante a mesma, podendo acontecer de algum participante não ser escolhido.

O Presente: O organizador pode escolher como presente alguma guloseima como uma caixa de bombom com o mesmo número de participantes, ou outro que possa ser distribuído uniformemente no final da dinâmica. Este presente deve ser leve e de fácil manejo pois irá passar de mão em mão. Tente embrulhá-lo bem atrativo com um papel bonito e brilhante para aumentar o interesse dos participantes em ganhá-lo.

Disposição e local: os participantes devem estar em roda ou descontraidamente próximos.

Início: O organizador com o presente nas mãos diz (exemplo): Caros amigos, eu gostaria de aproveitar este momento para satisfazer um desejo que há muito venho querendo fazer. Eu queria presentear uma pessoa muito especial que durante o ano foi uma grande amiga e companheira e quem eu amo muito. Abraça a pessoa e entrega o presente. Em seguida pede um pouquinho de silência e lê o parágrafo 1:

1. PARABÉNS!
*Você tem muita sorte. Foi premiado com este presente. Somente o amor e não o ódio é capaz de curar o mundo. Observe os amigos em torno e passe o presente que recebeu para quem você acha mais ALEGRE.

Ao repassar o presente, a pessoa que recebe deve ouvir o parágrafo 2 e assim por diante:

2. ALEGRIA! ALEGRIA!
Hoje é festa, pessoas como você transmitem otimismo e alto astral. Parabéns, com sua alegria passe o presente a quem acha mais INTELIGENTE.

3. A inteligência nos foi dada por Deus. Parabéns por ter encontrado espaço para demonstrar este talento, pois muitas pessoas são inteligentes e a sociedade, com seus bloqueios de desigualdade, impede que eles desenvolvam sua própria inteligência. Mas o presente ainda não é seu. Passe-o a quem lhe transmite PAZ.

4. O mundo inteiro clama por paz e você gratuitamente transmite esta tão grande riqueza. Parabéns! Você está fazendo falta às grandes potências do mundo, responsáveis por tantos conflitos entre a humanidade. Com muita Paz, passe o presente a quem você considera AMIGO.

5. Diz uma música de Milton Nascimento, que "amigo é coisa para se guardar do lado esquerdo do peito, dentro do coração". Parabéns por ser amigo, mas o presente. . . ainda não é seu. Passe-o a quem você considera DINÂMICO.

6. Dinamismo é fortaleza, coragem, compromisso e irradia energia. Seja sempre agente multiplicador de boas idéias e boas ações em seu meio. Parabéns! Mas passe o presente a quem acha mais SOLIDÁRIO.

7. Parabéns! Você prova ser continuador e seguidor dos ensinamentos de CRISTO. Solidariedade é de grande valor. Olhe para os amigos e passe o presente a quem você considera ELEGANTE (bonito, etc...).

8. Parabéns! Elegância (beleza, etc...) completa a criação humana e sua presença torna-se marcante, mas o presente ainda não será seu, passe-o a quem você acha mais SEXY.

9. Parabéns! A sensualidade torna a presença ainda mais marcante e atraente. Mas o presente não será seu. Passe-o a quem você acha mais OTIMISTA.

10. Otimista é aquele que sabe superar todos os obstáculos com alegria, esperando o melhor da vida e transmite aos outros a certeza de dias melhores. Parabéns por você ser uma pessoa otimista! É bom conviver com você, mas o presente ainda não será seu. Passe-o a quem você acha COMPETENTE.

11. Competentes são pessoas capazes de fazer bem todas as atividades a elas confiadas e em todos os empreendimentos são bem sucedidas, porque foram bem preparadas para a vida. Essas são pessoas competentes como você. Mas o presente ainda não é seu. Passe-o a quem você considera CARIDOSO.

12. A caridade é como diz São Paulo aos Coríntios: "ainda que eu falasse a língua dos anjos, se não tiver caridade sou como o bronze, que soa mesmo que conhecesse todos os mistérios, toda a ciência, mesmo que tomasse a fé para transportar montanhas, se não tiver caridade de nada valeria. A caridade é paciente, não busca seus próprios interesses e está sempre pronta a ajudar, a socorrer. Tudo desculpa, tudo crê, tudo suporta, tudo perdoa". Você que é assim tão perfeito na caridade, merece o presente. Mas mesmo assim, passe o presente a quem você acha PRESTATIVO.

13. Prestativo é aquele que serve a todos com boa vontade e está sempre pronto a qualquer sacrifício para servir. São pessoas agradáveis e todos se sentem bem em conviver. Você bem merece o presente. Mas ele ainda não é seu. Passe-o a quem você acha que é um ARTISTA.

14. Você que tem o dom da Arte e sabe transformar tudo, dando beleza, luz, vida, harmonia a tudo que toca. Sabe suavizar e dar alegria a tudo que faz. Admiramos você que é realmente um artista, mas o presente ainda não é seu. Passe-o a quem você acha que tem FÉ.

15. Fé é o dom que vem de Deus. Feliz de você que tem fé, pois com ela você suporta tudo, espera e confia porque sabe que Deus virá em socorro nas horas difíceis e poderá ser feliz. Diz o salmo 26 " O Senhor é a minha luz e minha salvação, de quem terei medo?" Se você acredita e espera tanto de Deus, sabe também esperar e ter fé nos homens e na vida e assim será feliz. Mas o presente não é seu, pois você não precisa dele. Passe-o a quem você acha que tem o espírito de LIDERANÇA.

16. Líderes são pessoas que sabem guiar, orientar e dirigir pessoas ou grupos, com capacidade, dinamismo e segurança. Junto de você que é líder sentimos seguros e confiamos em tudo o que você diz e resolve fazer. Confiamos muito em você, que é líder, mas o presente ainda não é seu. Passe-o a quem você acha mais JUSTO.

17. Justiça! Foi o que Cristo mais pediu para o seu povo e por isso foi crucificado. Mas não desanime. Ser justo é colaborar com a transformação de nossa sociedade. Mas já que você é muito justo, não vai querer o presente só para você. Abra e distribua com todos, desejando-lhes FELICIDADES !

E assim o presente é distribuído entre todos !

Autor: Desconhecido